Sanepar limpará praias durante o verão

Praias paranaenses deverão estar mais limpas

Seis máquinas começam a trabalhar nesta sexta-feira (16) na limpeza dos 61 quilômetros de praia em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, municípios atendidos pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). A ação faz parte da Operação Verão, do Governo do Estado, que levará ao litoral serviços de saúde, preservação ambiental e segurança. O lançamento da operação, com a presença do governador Beto Richa, será às 15 horas desta sexta-feira, na praia central de Guaratuba.

“Esse serviço faz parte do trabalho integrado de diversos órgãos do Estado, para que tenhamos um verão saudável e seguro, reforçando os compromissos da Sanepar com a sustentabilidade e a qualidade de vida”, afirma o presidente da Companhia, Fernando Ghignone.

A ação se estenderá até 29 de fevereiro. Nesse período, a Sanepar também distribuirá aos banhistas 50 mil coletores individuais de bitucas de cigarro, 300 mil sacos de lixo biodegradáveis e 200 mil revistas em quadrinhos com dicas de preservação ambiental.

MADRUGADA – As máquinas, peneiras automáticas puxadas por trator que separam o lixo e devolvem areia limpa à praia, trabalharão nas madrugadas, da 1 hora às 8 horas, inclusive sábados e domingos. Durante o dia (das 10 horas às 17h30), seis dumpers (veículos de pequeno porte, motorizados, com caçamba) circularão na faixa de banho. Ao mesmo tempo, coletores catarão o lixo da areia. Nesse trabalho serão usados carrinhos de mão, pás e ancinhos. Todas as pessoas envolvidas no trabalho foram orientadas a preservar as áreas de restinga, extremamente importantes para o ecossistema do Litoral.

A caçamba de cada máquina limpadora tem capacidade para 750 quilos. Quando estiver cheia, os resíduos serão recolhidos por equipes do Instituto de Águas do Paraná. Os dumpers têm capacidade para até 2 mil quilos. As máquinas limpadoras e os dumpers executarão o trabalho desde a Barra do Saí, município de Guaratuba, até a praia de Pontal do Sul, município de Pontal do Paraná. Também estarão à disposição dos veranistas, na beira da praia, 1.200 tamboresnos quais o lixo poderá ser depositado.

“O trabalho de limpeza da faixa de banho complementa o processo de saneamento ambiental que executamos nos municípios do Litoral todos os dias. Esta é uma atividade necessária porque muitas pessoas ainda não desenvolveram o hábito de recolher o lixo que geram enquanto estão descansando na beira do mar”, diz Carlos Pinto, gerente da Sanepar no Litoral.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *