Presidente da Colômbia vê cinismo das Farc

Para presidente da Colômbia, comunicado das Farc é ‘cinismo’
Juan Manuel Santos afirmou que os únicos culpados pelo assassinato dos quatro reféns das Farc são os próprios guerrilheiros

BOGOTÁ, 01 DEZ (ANSA) – O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, classificou como “um cinismo descarado” o comunicado emitido pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), no qual declaram pesar aos familiares dos quatro reféns assassinados por eles no sábado.

Na nota, divulgada depois do rechaço generalizado pelo crime, as Farc lamentam “o trágico desenrolar da absurda tentativa de resgate”, operada pelo exército colombiano, e culpam o governo por impedir uma “iminente libertação unilateral” dos sequestrados.

Em uma reunião com empresários, Santos afirmou que “agora as Farc com um cinismo descarado ‘estendem seu sentimento de pesar’ aos familiares de nossos quatro heróis, quando foram eles que os tiraram de seus lares por 12 anos ou mais”.

O mandatário também lamentou que a organização tenha declarado que o governo impediu a libertação dos sequestrados “quando o que eles fizeram foi atirar contra eles de graça, pelas costas”.

Santos acrescentou que “o país não é tonto e não se deixa enganar por comunicados infames” e que “os únicos culpados” do assassinato são os próprios guerrilheiros. “Me perdoem a expressão, mas não nos criem tanto aborrecimento”.

Os integrantes da Polícia Nacional, o coronel Edgar Yesid Duarte, o major Elkin Hernández Rivas, sequestrados desde 13 de outubro de 1998, e o intendente-chefe Álvaro Moreno, que foi pego em 9 de dezembro de 1999, além do sargento do Exército José Libio Martinez, refém que mais tempo passou sobre poder das Farc, desde 21 de dezembro de 1997, foram mortos durante uma operação militar contra uma estrutura da guerrilha no estado de Caquetá.

Um quinto refém, o suboficial da polícia Luis Alberto Erazo Maya, conseguiu fugir durante o combate entre as Farc e o Exército colombiano. Ele foi encontrado perto da região onde os corpos de seus companheiros foram localizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *