Isabel prova inocência do filho em caso de dopping

Mãe guerreira e filho inocentado

Um exame feito em um laboratório em Colônia, na Alemanha, revelou que Pedro Solberg, jogador brasileiro de vôlei de praia e filho da ex-jogadora Isabel Salgado não violou as regras antidoping estabelecidas pela Wada, a agência mundial antidoping.

O resultado desmente o Ladetec, único laboratório brasileiro credenciado para esse tipo de exame e responsável pelas análises que serão feitas na Copa de 2014 e na Olimpíada de 2016.

Em julho, o laboratório havia apontado a presença de substâncias ilegais na urina de Solberg.

O atleta pediu uma contraprova, feita no mesmo Ladetec. O resultado confirmou o primeiro exame.

Inconformada, a família de Solberg apoiou o jogador para que ele recorresse à FIVB (Federação Internacional de Vôle)i, pedindo que sua urina fosse analisada novamente.

Isabel contratou advogados por conta própria e encomendou laudos a especialistas independentes que apontaram erros nos procedimentos do Ladetec.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *