DNA gratuito em parceria com UEL

aplicação, fiscalização e apoio do concurso.

DNA será feito pela UEL

O reitor da UEL, professor Sérgio Carvalho, esteve em Curitiba nesta quarta-feira (4) para assinatura de um Termo de Cooperação entre 11 instituições públicas paranaenses, com o objetivo de viabilizar a realização de exames gratuitos para a comprovação de paternidade por DNA, que serão feitos, a partir do ano que vem, no Laboratório de Análise de Polimorfismo e DNA da Universidade.

Os exames serão realizados somente por demanda judiciária, a pedido do Ministério Público ou do Tribunal de Justiça do Paraná. A ideia é que o laboratório realize cerca de mil exames por ano, número de pedidos represados na Justiça atualmente. Para isso, o Fundo da Infância e Adolescência (FIA) vai disponibilizar R$ 1,1 milhão anualmente por, pelos menos, quatro anos. O recurso é para a aquisição dos insumos (kits) usados no processamento dos testes de DNA para crianças e adolescentes.

A coleta dos materiais genéticos será feita pela Polícia Científica, alcançando assim todos os 399 municípios do Estado. O reitor da UEL lembra que desde 2009 a Universidade conta com laboratório especializado na realização de exames de paternidade – Laboratório de Análise de Polimorfismo e DNA – aguardando recursos para reforçar essa prestação de serviço. “É uma demanda reprimida do Estado que a UEL vai atender por meio desse convênio”, disse.

Assinaram o Termo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), desembargador Adalberto Xisto Pereira; o procurador-geral de Justiça do Paraná, Gilberto Giacoia; o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost; o reitor da UEL, Sérgio Carvalho; e a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca-PR), Ângela Mendonça.

Com informação da UEL

Antenor Ribeiro – Destak News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *