Deputado propõe programa que salva vidas de bebês

Mãe adolescente se desespera com bebê engasgado

Nem sempre uma mãe de apenas 17 anos tem conhecimentos para casos emergenciais, como refluxo do bebê e casos de engasgamento. Foi o que ocorreu com a mãe de Nichollas Gabriel, de apenas um mês de vida. Ela percebeu que o filho não estava mais respirando após mamar e recorreu à PM

Os policiais Clóvis Bordinoski e Pedro Fuz foram atender a ocorrência de engasgo com leite materno, em Ibiporã, Norte do Paraná.

Felizmente, devido ao treinamento a que foram submetidos, os policiais conseguiram salvar a vida da criança. Em razão disso, o deputado Cobra Repórter propôs “Voto de Louvor” aos PMs que atuaram nesta ocorrência,

Os policiais Clóvis Bordinoski e Pedro Fuzari foram até a casa dela e fizeram a manobra de Heimlich até o bebê desengasgar. Eles contam que a criança estava pálida e com os olhos paralisados quando chegaram. O bebê agora ficou internado em observação no hospital na quarta-feira (11).

O deputado estadual Cobra Repórter apresentou, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), o projeto de lei 429/2019 que visa instituir a Política de Estado de Instrução Pública para Prevenção e Combate ao Engasgo.

O objetivo é promover instrução pública sobre prevenção e combate ao engasgo, capacitar estabelecimentos que oferecem ou comercializam alimentos para o consumo imediato a terem pessoas aptas para aplicação da “Manobra de Heimlich” de compressão abdominal, para salvamento nos casos de engasgos e prestação de primeiros socorros nos casos de urgência e emergência.

“Temos que promover campanhas educativas, seminários, congressos e eventos para divulgação de uma política de prevenção de combate ao engasgo. As informações devem chegar às crianças e adolescentes em escolas públicas e privadas e aos servidores públicos”, asseverou o deputado estadual Cobra Repórter,  também chamado de Deputado da família.

Assessoria Parlamentar – Meire Bicudo

Antenor Ribeiro – Destak News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *