Dançando com ela

Como era bom sentir seu corpo junto ao meu

Aspirar seu perfume Red D’or

Nossos corações batendo ao  mesmo compasso

Nossas mãos e nossos dedos se acariciando

Um toque mágico e sem inocência

Só nós sabíamos o que prometiam nossos  olhos

E quando nossas pernas se tocavam

O movimento atrevido aumentava ainda mais nosso desejo

Você e sua minissaia, eu e minha calça de veludo

Era difícil conter a reação

Seu rosto se afastava e eu podia ver a malícia em seu sorriso

Quando sua mão suave tocava minhas costas

O arrepio era excitante, o máximo naquele instante

Vivíamos nosso amor num simples momento dançante

E como foi bom viver tudo isso com você.

Antenor Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *