Beto Richa busca investidores na França

O governador Beto Richa e a comitiva paranaense encerraram na terça-feira (20) os compromissos na Rússia e desembarcaram nesta quarta-feira (21) na França para a última etapa da missão internacional que busca novas frentes de negócios para o Paraná. Richa foi recepcionado, em Paris, pelo embaixador brasileiro na França, Paulo de Oliveira Campos.

O governador paranaense apresentou ao embaixador os objetivos da viagem à China e à Rússia, onde se reuniu com executivos de diversas empresas para apresentar o ambiente de negócios do Paraná. O objetivo é firmar novas parcerias e atrair mais investimentos estrangeiros ao Estado.

Nesta quinta-feira, Richa se reúne com o presidente da fabricante de veículos leves sobre trilhos NTL, Olivier Bachelet. O governador conhecerá algumas linhas operadas pela NTL na capital francesa, para buscar novas ideias de transporte público metropolitano que possam ser aplicadas nas cidades paranaenses. “Teremos uma reunião muito produtiva e que servirá para conhecermos, na prática, soluções modernas e eficientes para o transporte público”, disse Richa.

MISSÃO – A missão internacional iniciou no dia 13 de outubro com agendas na China. No país asiático, a comitiva liderada pelo governador Beto Richa foi a sedes de empresas como a Nari, fabricante de tecnologia para o setor energético, como equipamentos para usinas hidrelétricas, eólicas e solares; a montadora Foton e estatal de energia State Grid, a maior empresa de transmissão energética do mundo, que mantém projetos no Brasil em parceria com a Copel com investimentos de R$ 3,6 bilhões.

Ainda na China, a Agência Paraná de Desenvolvimento (APD) firmou um acordo com a Jac Motors para conduzir estudos de viabilidade para implantação de novos projetos da montadora no Paraná. Pelo acordo, a APD dará o suporte para facilitar os negócios da Jac Motors no Estado, levando em conta o objetivo de reforçar o intercâmbio tecnológico, comercial e industrial entre a China e o Brasil.

Também foi firmado um acordo de cooperação entre o Paraná e a província chinesa de Anhui. O documento foi assinado pelo governador Beto Richa e pela vice-governadora de Anhui, Hua Jianhui, em solenidade na capital da província, Hefei, com a participação do secretário do Comitê Provincial de Anhui, Wang Xuejun, a maior autoridade do governo de Anhui.

Richa ministrou, ainda, uma palestra para empresários chineses na sede da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), em Pequim.

RÚSSIA – A comitiva chegou na Rússia na segunda-feira (19). No mesmo dia, o governador Beto Richa se reuniu com a diretoria da fabricante de fertilizantes Uralkali, a maior produtora de potássio do mundo, para buscar a ampliação dos investimentos da empresa no Paraná.

A Uralkali anunciou, em janeiro deste ano, um investimento de R$ 160 milhões no porto de Antonina. O investimento ampliará a capacidade de descarregamento de fertilizantes do porto, permitindo que companhia russa dobre o volume de fertilizantes que envia ao Brasil, das atuais 500 mil toneladas para 1 milhão de toneladas por ano, a partir de 2018.

Eles também se encontraram com executivos da Gazprom, líder mundial na produção e uma das principais exportadoras de gás natural. Richa apresentou uma proposta da Copel para a construção, em parceria, de usinas térmicas a gás no Paraná. Também foi feita consulta sobre a viabilidade de a empresa fornecer gás natural liquefeito (GNL) ao Estado.

Na terça-feira, a comitiva esteve na sede da fabricante de aeronaves russa Irkut Corporation, em Moscou. A companhia firmou um acordo com o Governo do Estado em setembro deste ano para implantar em Maringá, na região Noroeste, unidades de fabricação de peças e partes da aeronave MC-21, novo modelo desenvolvido pela empresa, além de centros de operação e treinamento para atender o Brasil e a América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *