Beto e Dilma unidos por habitações populars

Em Ponta Grossa, Dilma e Richa ressaltam parcerias para habitação

A parceria existente entre os governos federal e estadual e os municípios para a área da habitação foi ressaltada pela presidente Dilma Rousseff e o governador Beto Richa nesta terça-feira (16), em Ponta Grossa, no evento de entrega das chaves da moradia própria para 1.438 famílias, com renda mensal de R$ 1,6 mil. São três residenciais do programa Minha Casa Minha Vida, com investimento total de R$ 75 milhões, do Governo Federal.O Governo do Estado é parceiro. A Cohapar construiu as praças de integração, o parque infantil e a sede da associação dos moradores e deu assistência técnica para implantação do esgoto, em dois residenciais – Califórnia (481 unidades) e Londres (457). No residencial Itapoá, a Cohapar está construindo um Centro Municipal de Educação Infantil, com capacidade para abrigar 300 crianças.

“A grande revolução habitação deste governo se dá graças às parcerias do Governo Federal com os Estados e municípios”, afirmou a presidente. No seu pronunciamento, Dilma Rousseff falou sobre o potencial do Paraná como produtor de alimentos e exportador e reiterou o recente pacto feito com governadores e prefeitos das capitais para aumentar o número de médicos no País, para melhorar a qualidade dos transportes, combater a corrupção e elevar os investimentos em educação. “Só seremos uma grande nação se a condição de vida da população melhorar”, afirmou a presidente.

O governador Beto Richa disse que o Paraná, em parceria com o Governo Federal, está fazendo uma revolução na área da habitação do Estado. “Segundo diretores da Caixa Econômica Federal, o Paraná tem a maior parceria habitacional de todo o País para cobrir o grande déficit que tínhamos no Estado”, afirmou Richa.

O governador afirmou que em quatro anos serão construídas moradias para 110 mil famílias paranaenses, das quais 10 mil da área rural. Nos oito anos do governo anterior foram construídas 15 mil unidades.

“Hoje três municípios do Paraná ainda não têm programa habitacional, mas muito em breve estaremos atendendo a 100% dos municípios”, afirmou Richa. “Isso é resultado do trabalho conjunto entre as esferas estadual e federal e os municípios, que apesar das dificuldades têm participado com doações de terreno”, disse o governador.

MAIS MORADIAS – No total, 6.500 famílias de Ponta Grossa estão atendidas ou em atendimento com programa habitacional do Governo Federal, com contrapartida do Governo Estadual, que participa com recurso financeiro e implantação dos serviços de energia (Copel), saneamento (Sanepar), além de serviços do Instituto Ambiental do Paraná.

Além das 1.438 moradias entregues nesta terça-feira, outras 469 unidades urbanas estão prontas. Há 2.791 em obras, além de 1.662 em projeto. Há também 54 unidades rurais em projeto. Na região de Ponta Grossa são mais de 10 mil famílias sendo atendidas com habitação.

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, também enalteceu os benefícios colhidos com a parceria entre União, Estados e municípios. “É esse trabalho que permite este grande programa habitacional em nossa cidade”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *