Advogado diz falar com Santa

Toda última terça-feira do mês, o advogado Pedro Siqueira, 40, tem um compromisso inadiável. Sai do trabalho na Procuradoria Regional da União, no centro do Rio, e ruma para a igreja de Nossa Senhora da Conceição, na Gávea, zona sul carioca. Lá, transmite, para uma crescente multidão de fiéis, mensagens que diz receber de “Nossa Senhora”, a quem vê e com quem conversa desde que se entende por gente.

Munido de um violão, ele comanda a oração do terço e, depois, começa a transmitir mensagens que, naquele momento, segundo ele, “Nossa Senhora” está lhe passando. Fiéis lotam o local.

“Em minha memória mais distante, estou andando de velotrol [tipo de velocípede de plástico] com ela [Nossa Senhora] do lado. Devia ter dois anos”, lembra. Falar com mortos é prática comum no espiritismo. Porém, ouvir mensagens de Deus e Santos, é prática mais comum entre membros de igrejas evangélicas e do movimento carismático da Igreja Católica. Há similariedade com o praticado por Chico Xavier, que psicografava mensagens de espíritos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *