UBS do Ernani terá reforma e ampliação

Investimentos para melhorias e ampliação da unidade ultrapassam R$236 mil, com recursos do Município e do governo do Estado

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, assinou na tarde desta quarta-feira (5) a ordem de serviço que autoriza o início das obras de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Conjunto Ernani Moura Lima. Acompanhado do secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, o prefeito entregou a ordem de serviço para a engenheira responsável pela obra, Larissa Steiner, da Construtora Regioli, empresa londrinense que venceu o processo de licitação.

A UBS Ernani Moura Lima fica na Rua Gerônimo Máximo, 30, na região leste. Para a reforma e ampliação desta unidade, serão investidos recursos do Município e do governo do Estado, por meio do Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (APSUS), no valor total de R$236.956,38.

ordem.UBS.ernani.V2Com uma população de 9.245 pessoas em sua área de abrangência, a UBS Ernani Moura Lima foi inaugurada em 1987. A unidade ocupa, atualmente, uma área de 167,92 metros quadrados, que serão ampliados em mais 115,52 metros quadrados para melhorar o atendimento da comunidade.

Durante a solenidade, o prefeito lembrou que a reforma faz parte de um conjunto de obras que envolvem as 54 UBSs do Município, com previsão de reformas, melhorias e ampliações para os próximos meses. “Isso tudo é um trabalho planejado, um conjunto de ações executadas com recursos da Prefeitura e dos governos federal e estadual, com o planejamento adequado. Vamos reformar todas as UBSs de Londrina, que estão em condições similares a essa do Ernani Moura Lima. Imagine a casa da gente sem reformas por pelo menos 20 anos. Pois a mesma coisa acontece nas escolas, UBSs e com tudo. Mas, vamos reformar e ampliar aqui, trocar os equipamentos e móveis que estiverem com problemas”, destacou.

Marcelo ressaltou também outras medidas conduzidas pela administração municipal para a área da Saúde, e que estão em andamento. “Vamos reconstruir e ampliar a Maternidade Municipal, quase dobrando sua área e reconstruir o Pronto Atendimento Infantil. Vamos também fazer a sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e já inauguramos a nova Farmácia Municipal, com o dobro de lugares, mais atendentes e climatização. Serão feitos novos mutirões para eliminar a fila de espera das cirurgias eletivas. E vamos contratar profissionais da área de saúde, para reestruturar a saúde pública de Londrina”, enumerou.

O prefeito também agradeceu o governo federal e estadual que, mediante parcerias com a Prefeitura, viabilizaram o programa de reestruturação da Saúde no município. “Foi feito todo um planejamento detalhando o que a gente precisa. E sobre os recursos, a Prefeitura entrou com uma parte, o Estado com outra, e o governo federal com outra também. Além disso, foram liberados repasses para o Hospital Universitário, Hospital do Câncer, Evangélico, Santa Casa. Enfim, são muitas coisas acontecendo, e aos poucos, passo a passo, tudo vai melhorando”, acrescentou.

ordem.UBS.ernani.V3De acordo com o secretário municipal de Saúde, esta é a sexta unidade, somente neste ano, que começa sua reforma. “Londrina há muitos anos não tinha projetos, por isso os recursos não chegavam até aqui. E em 2017 nós fizemos o dever de casa, e conseguimos captar recursos para a saúde. E com as medidas de gestão que adotamos internamente, as contrapartidas foram garantidas. No ano passado conseguimos entregar as unidades do Panissa e do Pindorama, e agora esse ano mais seis UBSs começam a reforma”, apontou.

Machado considera que a melhoria na UBS do Ernani Moura Lima será muito bem-vinda, tanto para os servidores que ali atuam como também aos usuários. “Parabenizo a toda essa equipe, pelo excelente trabalho que presta para a comunidade, com empenho, dedicação e carinho, pois isso faz a diferença. As obras vão envolver pintura, telhado, toda parte de logística, equipamentos e mobiliários novos, o que vai dar melhores condições de trabalho para os nossos servidores da Atenção Primária, que tem que ser o pilar do Sistema Único de Saúde (SUS). Com esse programa de reestruturação, implementado pelo prefeito Marcelo Belinati, ao final da gestão devolveremos Londrina ao cenário de protagonismo da saúde. E estamos trabalhando muito forte para isso”, citou.

Para o diretor da 17ª Regional de Saúde, José Carlos de Moraes, o município de Londrina está de parabéns pelas iniciativas implantadas para a área, em prol de melhorias para a população. “O prefeito Marcelo tem demonstrado uma força inigualável na busca por reorganizar a estrutura e também o processo de trabalho da atenção básica no Município. E por extensão, parabenizo a toda a equipe da Secretaria Municipal de Saúde, porque todo o processo de mudança, readequação e fortalecimento da Atenção Primária precisa passar por uma coordenação, que precisa ter uma visão ampliada do que irá fazer, e por uma equipe que tenha conhecimento do que está acontecendo, subsidiando seu gestor com informações corretas, para que ocorra uma boa intervenção”, elogiou.

Dados – A obra de reforma e ampliação da UBS Ernani Moura Lima deverá ser concluída em um prazo de 150 dias, a contar da data de entrega da ordem de serviço. O contrato prevê melhoria nos pisos interno e externo, calçada e acessos; recuperação dos ambientes com pintura de paredes, revisão e recuperação das esquadrias metálicas, substituição de vidros, melhoria nas instalações hidráulicas, elétricas e de rede lógica, adequação dos rufos, calhas e telhado, bem como na comunicação visual e recuperação do abrigo de resíduos.

Além dos serviços de engenharia, as obras na UBS incluem condições de acessibilidade, com aumento dos banheiros, construção de rampa, instalação de corrimão, guarda corpo e piso tátil, entre outras medidas.

Para a enfermeira e coordenadora da UBS Ernani Moura Lima, Marisa Bicalho Figueiredo Machado, as obras vão garantir melhores condições para os servidores como também para os usuários. “Nossa estrutura estava muito precária, e houve um grande aumento da nossa demanda, principalmente com pessoas que deixaram de utilizar os planos privados. Então a reforma é muito importante, já que essas melhorias vão trazer uma estrutura melhor, mais confortável e mais segura para todos”, citou.

Uma das usuárias da UBS e moradora do bairro há mais de onze anos, a professora Alline Fávaro Valotto compareceu ao evento e comemorou as obras. “Essa reforma era algo que precisávamos urgentemente. Por muito tempo, vimos o bairro ser esquecido, precisando de tantas melhorias. Então todas essas mudanças, tanto do entorno da UBS como dentro, serão ótimas para nós, usuários. Estávamos preocupados, pois quando chovia a gente via a água cair dentro da UBS, com riscos por conta da fiação e tudo mais. Então é algo que toda comunidade desejava muito, e quando a obra encerrar, com certeza vamos vir para conferir como ficou”, frisou.

Durante a execução da reforma, as consultas serão realizadas nas antigas instalações do Mercado SUPALU, ao lado da UBS, na Rua João da Silva Godoy, 65. Já os serviços de vacinas e odontologia foram transferidos, temporariamente, para a UBS Armindo Guazzi, localizada na Avenida São João, 4321.

Também participaram do evento os integrantes do Conselho Municipal de Saúde, Maria Márcia Ferreira, Natal de Oliveira, e Lincoln Ramos e Silva; a presidente da Associação de Moradores do Conjunto Ernani Moura Lima, Maria Amélia Barbosa; servidores e usuários da UBS Ernani Moura Lima; alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem e Farmácia da Universidade Estadual de Londrina, entre outras lideranças comunitárias.

Serviços – A equipe da UBS Ernani Moura Lima realiza atendimentos de pediatria, odontologia para crianças e gestantes, ginecologia, e atendimentos de clínico geral. São oferecidos serviços como exames laboratoriais, coleta de preventivos para câncer de colo de útero, solicitações de mamografia, puericultura compartilhada, fornecimento de medicamentos, visitas domiciliares, vacinação, curativos, entre outros.

A comunidade participa de grupos de reeducação alimentar, alongamento, memória, dor crônica, e pessoas com problema respiratório. Pelo Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF-AB), profissionais de psicologia, educação física, fisioterapia, farmácia e nutrição, também realizam atendimentos aos usuários.

N.Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *