Santos vence e segue na Libertadores

O Campeão da Libertadores segue rumo ao tetra

O Santos pode se tornar novamente bi-campeão da Libertadores consecutivamente, como em 62 e 63 com Pelé. Neymar & Cia passaram pelo Vélez Sarsfield, da Argentina, em jogo dramático na Vila Belmiro. A equipe dirigida por Muricy Ramalho jogou menos que o habitual nos primeiros quarenta e cinco minutos. Com Ganso preparado para uma cirurgia na sexta-feira, aparentemente sem toda mobilidade que necessita e Neymar muito bem marcado, o time teve oportunidades de gol, maior volume de jogo, mas não acertava o alvo. No final da primeira etapa, em jogada de Neymar, o goleiro argentino cometeu falta no atacante, e como era o último defensor, acabou sendo expulso pelo árbitro. Na cobrança da falta, na meia lua da grande área, Elano desperdiçou a cobrança, que passou muito perto do ângulo superior direito.

No segundo tempo, jogando contra 10, o Santos era todo ataque, mas não conseguiu marcar. Após a troca de Juan por Léo, o veterano lateral esquerdo trocou passe com Ganso, foi derrubado na área, mas conseguiu dar passe para Alan Kardec, que decretou a vitória, magra, por 1 x 0 no tempo normal de jogo.

Pênaltis

Nas duas primeiras cobranças, Martinez e Alan Kardec (nesta ordem) marcaram suas cobranças e, com o erro de Canteros, o Santos passou na frente do placar. Ganso anotou o seu. Em seguida, Rafael pegou o pênalti de Papa, Elano jogou longe sua “zica” nas penalidades e, enfim, Léo, iluminado, empurrou para as redes a bola que decidiu o jogo.

Ficha técnica

Santos 1 (4) x (2) 0 Vélez Sarsfield (ARG)

Local: Vila Belmiro (SP)
Data/Hora: 24/5/12 – 20h
Árbitro: Roberto Silvera (URU) – Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Miguel A. Nievas (URU)
Renda/público: R$ 677.500,00 / 13.908 pagantes
Cartões amarelos: Alan Kardec, Neymar, Arouca e Adriano (SAN); Fernandez (VEL) – Cartões vermelhos: Barovero (VEL)
Gols: Alan Kardec, 32’/2ºT (1-0)
SANTOS: Rafael; Henrique (Maranhão, 39’/2ºT); Edu Dracena; Durval e Juan (Léo, 27’/2ºT); Adriano (Rentería, 19’/2ºT), Arouca, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.
VÉLEZ SARSFIELD (ARG): Barovero; Peruzzi, Ortiz, Sebá Dominguez e Papa; Cubero, Fernández (Canteros, 44’/2ºT), Zapata e Cabral; Juan Martínez e Óbolo (Montoya, 41’/1ºT). Técnico: Ricardo Gareca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *