Salvamento na Tailândia continua

Já foram retiradas da caverna no norte da Tailândia oito dos doze garotos que lá se encontravam. Faltam quatro e o treinador, que deverão ser resgatadas na retomada das operações que estão sendo feitas. É grande a confiança, agora, no sucesso total do resgate.

O mundo acompanha a operação que tenta salvar a vida de um time de futebol e seu técnico, surpreendidos em uma caverna de onde não conseguiram sair sozinhos após tempestades.

O governador de Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn, disse esperar “ter boas notícias nas próximas horas”. Oito meninos já foram resgatados e ainda faltam outros quatro, além do técnico da equipe.

“Todas as condições ainda estão tão boas como ontem”, disse Narongsak em coletiva de imprensa. “A força dos garotos, o plano – hoje estamos prontos como nunca. E nós vamos fazer o resgate mais rápido porque estamos com medo da chuva”.

As autoridades estão se apressando para resgatar as crianças – que têm de 11 a 16 anos – e seu treinador devido às chuvas de monções que atingem a região nesta época do ano. Técnicos têm bombeado água para fora da caverna e disseram que a forte chuva que caiu de madrugada não elevou o nível de água.

Os meninos resgatados ontem estão felizes e com saúde, segundo o governo. “Esta manhã eles disseram que estavam com fome e queriam comer khao pad grapao”, disse Narongsak, referindo-se a um prato tailandês. As crianças ainda estão fazendo exames num hospital e não podem ter contato com parentes devido a receio de infecções.

A missão de ontem envolveu 13 mergulhadores estrangeiros e cinco tailandeses. Dois deles acompanharam cada um dos meninos, que estão aprendendo a mergulhar desde o dia 2 de julho, quando a equipe de resgate os encontrou.

Com informação da ASSOCIATED PRESS e Jornal do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *