Presidente boliviano passa 2 dias internado

Morales retorna ao trabalho, depois de passar dois dias internado

Depois de passar dois dias internado em observação médica na cidade de Cochabamba, na Bolívia, o presidente Evo Morales retornou ao trabalho, mas evitando excessos. Ele participou ontem (5) da cerimônia de assinatura de contrato para a construção de uma fábrica de açúcar na cidade de San Buena Ventura, a 411 quilômetros de La Paz, a capital boliviana.

No último dia 2, Morales foi internado na Clínica Los Olivos, que é privada, com queixas de dores na coluna e mal-estar. Assessores informaram que ele fez vários exames físicos e laboratoriais, além de ter sido colocado em repouso.

O ex-ministro da Saúde e médico Guillermo Contas lembrou que pessoas como Morales têm intenso ritmo de trabalho e são vítimas do que chamou de “síndrome da fadiga crônica”. A síndrome é diagnósticada, segundo ele, quando uma pessoa tem sobrecarga de trabalho e isso começa a reduzir a “capacidade e o desempenho físico e intelectual”.

Ontem (5), ao participar da cerimônia em San Buena Ventura, Morales demonstrou estar se sentindo melhor, fez brincadeiras e piadas entre os presentes. De acordo com assessores, o presidente boliviano começa a trabalhar às 5h e termina no fim da noite. Também faz viagens diárias a vários locais da Bolívia, enfrentando diferentes altitudes de 250 a 4.100 metros.

Aos 52 anos, Morales fez algumas cirurgias. A primeira foi para a retirada da vesícula há 10 anos, depois fez uma operação nos joelhos e, em seguida, para corrigir um desvio nasal. Ontem, o presidente agradeceu o apoio dos presentes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *