Morre o deputado Bernardo Carli

Assembleia Legislativa do Paraná não terá atividades nesta segunda-feira, 23 em virtude da morte do deputado estadual Bernardo Carli (PSDB) em acidente aéreo ocorrido na manhã de domingo (22). O parlamentar estava se deslocando de Guarapuva, sua cidade natal, para União da Vitória, onde era aguardado pelo prefeito Santin Roveda. O piloto e o copiloto da aeronave também morreram no acidente, cujas causas ainda serão determinadas.

Bernardo Carli tinha 32 anos e estava exercendo seu segundo mandato. Entre os principais projetos de Lei aprovados pelo deputado estão o que garante aos doentes de câncer a isenção fiscal no estado Paraná. Ainda, a lei que reserva vagas para pessoas com deficiências na terceirização de serviços públicos. Outra lei de autoria de Carli é a que exige a identificação de membros de torcidas organizadas nos estádios de futebol.

A Assembleia Legislativa decretou luto oficial de 3 dias em razão da morte do deputado.

O velório será na prefeitura de Guarapuava e o sepultamento ocorrerá em horário ainda não divulgado.

Trajetória
Bernardo Ribas Carli era natural de Guarapuava, no interior do Estado, e graduado em Administração de Empresas. Era presidente da Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa e coordenador da Frente Parlamentar dos Produtores de Energia Elétrica. Bernardo integrava ainda o Bloco Parlamentar da Agricultura Familiar e o Bloco Parlamentar Digital.

Começou a se interessar pela política ainda pequeno, convivendo com seu pai, Fernando Ribas Carli, que foi Prefeito de Guarapuava por três mandatos, Deputado Federal, Deputado Estadual e Chefe da Casa Civil do Paraná.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *