Marido de Tatiane Spitzner teria tentado suicídio

E o suspeito de feminicídio,Luís Felipe Manvailer, de 32 anos, teria tentado tirar a própria vida. É o que alega sua defesa, em pedido para que ele seja transferido de onde está preso, na cidade de Guarapuava, região central do Paraná.

A mulher dele, a advogada Tatiane Spitzner, foi encontrada morta depois de cair do 4º andar do prédio em que morava o casal. Câmeras de segurança mostraram que ela foi covardemente agredida por 20 minutos pelo marido, antes da queda, que ele diz ter sido provocada pela mulher. Ele tentou fugir, com o carro da vítima, e foi preso na estrada para Foz do Iguaçu, fronteira com o Paraguai.

Após ser detido, ele negou o crime e disse que estava desorientado, após ver a mulher se jogar da sacada. Ele é professor e foi denunciado por homicídio, com agravantes, fraude processual, já que tentou alterar a cena do crime e cárcere privado pelo Ministério Público do Paraná. A defesa está pedindo a transferência do acusado para o Complexo Médico-Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, “para atendimento psiquiátrico e psicológico urgente”. A família da advogada morta pede que o pedido não seja aceito.

Antenor Ribeiro – Destaknews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *