Mais um ministro “prestigiado” no governo Dilma

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, disse que teve hoje (9) uma “boa e longa” conversa com a presidenta Dilma Rousseff, e que conta com o apoio dela para continuar no cargo. Bezerra enfrenta denúncias de irregularidades na pasta, entre elas a de favorecimento de seu estado, Pernambuco, com verbas públicas.

Segundo Bezerra, todos os pontos levantados já foram devidamente esclarecidos. “Se eu não contasse com o apoio e a confiança da presidenta Dilma, não estaria nesta solenidade”, afirmou o ministro, ao participar de entrevista coletiva sobre ações do governo federal relacionadas às chuvas e à seca que atingem alguns estados.

Fernando Bezerra disse que telefonou para o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e pediu para prestar esclarecimentos à Comissão Representativa do Congresso Nacional . “[A ida ao Congresso] servirá para que eu possa tirar qualquer dúvida sobre a gestão da Defesa Civil no meu estado”, ressaltou o ministro.

O ministro divulgou três notas oficiais para esclarecer as denúncias. Em uma delas, Bezerra explica que uma falha no registro de um terreno fez com que ele fosse comprado duas vezes nos dois mandatos intercalados que teve na prefeitura de Petrolina. Nas outras notas, negou que tenha favorecido parentes e parlamentares com liberação de verbas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *