Jovens são orientados sobre álcool em Londrina

Detran orienta 2 mil jovens em 25 bares de Londrina

A terceira etapa da campanha “Se Liga no Trânsito – Se beber não dirija”, do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), terminou na madrugada de domingo (23), em Londrina, no Norte do Estado. Mais de 2 mil jovens foram abordados nas cinco noites de ações educativas, em 25 bares da cidade.Promotores e educadores do Detran orientaram sobre as consequências da ingestão de álcool associada ao trânsito, realizaram jogos interativos, distribuíram material informativo e bafômetros descartáveis. Somente no primeiro semestre deste ano, 107 condutores londrinenses foram autuados por dirigir alcoolizados e outros 77 tiveram sua habilitação suspensa pelo mesmo motivo.

Apesar das estatísticas negativas, as equipes do Departamento encontraram bons exemplos, como o estudante Gabriel Joviano, de 21 anos, que estava em “happy hour” com amigos. Para ele, segurança e responsabilidade estão em primeiro lugar. “Nosso grupo sempre volta da balada de táxi ou de carona. Cada dia elegemos algum de nossos pais ou amigos para fazer nosso tradicional ‘transbêbado’. Nunca nos arriscamos”, conta.

EXEMPLOS – Kaona Merlotto, de 25 anos, é filha caçula de uma família que tem tradição quando o assunto é segurança no trânsito. “Sempre fui ensinada que é proibido dirigir quando ingerimos qualquer quantidade de bebida alcoólica. Hoje, eu que vou levar meu pais para casa, mas muitas outras vezes eles fizeram esse papel”, explica.

Marco Aurélio Zani, de 21 anos, ressalta que o importante é todos ficarem alertas para não colocar em risco a própria vida e a de outras pessoas. “Quando estamos dirigindo devemos cuidar de nós e de todos os envolvidos no trânsito. A partir do momento em que temos consciência que essa é uma ação coletiva tudo muda”, reflete.

Em Londrina a Companhia Municipal de trânsito e urbanismo, CMTU, é uma empresa de economia mista, que visa o lucro e tem sido criticada pelo número elevado de multas que lança contra motoristas, sem realizar ações de educação de trânsito.
Isnard Cordeiro – Com AENOTICIASHabilitado há três anos e sem nunca ter cometido uma infração de trânsito, o universitário Alisson de Souza é convocado com frequência pelos amigos para ser o motorista da rodada. “Acho ótimo assumir essa função, me sinto mais tranquilo e um bom motorista. Faço um pedido para que os jovens motoristas também sejam responsáveis. Quando saímos na noite cuidamos da gente, mas os outros não estão nem aí no trânsito”, desabafa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *