Gerson Araújo assume Prefeitura

Ribeiro renuncia e Gerson Araújo assume Prefeitura
Carta de renúncia foi apresentada  pelo advogado Paulo Nolasco; presidente da Câmara diz que está preparado para assumir o cargo

O advogado Paulo Nolasco apresentou  ao presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Gerson Araújo (PSDB), a carta de renúncia de José Joaquim Martins Ribeiro (PSC) ao cargo de prefeito de Londrina. O documento original foi lido durante a sessão do período da tarde, cumprindo a formalidade legal para vacância do cargo. Ribeiro foi preso na manhã desta quinta-feira no litoral de Santa Catarina por decisão do Tribunal de Justiça que atendeu pedido do Ministério Público do Paraná em denúncia crime oferecida no início desta semana.

A oficialização da renúncia somente se deu após apresentação do documento original assinado por Ribeiro, tendo em vista que seu advogado protocolou carta de renúncia recebida via e-mail. Após a chegada do original, que ocorreu na tarde da quinta-feira, a Mesa Executiva da Câmara oficializou a vacância do cargo e o atual presidente do Legislativo, Gerson Araújo, assumiu como sucessor natural na função. Na seqüência, o vereador Professor Rony (PTB) e vice-presidente do Legislativo, assumiu a Presidência da Câmara de Vereadores.

Durante entrevista coletiva à imprensa o advogado Paulo Nolasco afirmou que seu cliente está sendo execrado publicamente e com esta atitude (da renúncia) terá maior tranquilidade para fazer a sua defesa. “Meu cliente me incumbiu de ser o portador dessa decisão pessoal que, segundo ele, ajudará nesse momento a manter a cidade equilibrada. Ele me pediu para reafirmar que não deve nada, não pegou propina e deverá provar isso na Justiça. Creio que com a renúncia o decreto de prisão fica sem efeito e meu cliente terá oportunidade de cuidar da sua vida”, afirmou Nolasco.

O vereador Gerson Araújo garantiu estar preparado para assumir o cargo de Prefeito de Londrina, mesmo que esse fato possa interferir futuramente na sua reeleição para vereador. “É óbvio que eu não esperava essa turbulência, mas estou pronto para atender esta missão e tentar garantir paz à população. Vamos levantar todos os dados da Prefeitura e procurar resolver os problemas. A minha prioridade é colocar ordem na Casa e também pagar em dia o salário do funcionalismo”, afirmou Araújo.

Gerson Araújo afirmou que em razão do processo eleitoral não pretende promover alterações imediatas nos cargos de confiança ocupados na prefeitura. “É claro que vamos estudar todas as medidas com calma. Inclusive pretendo pedir auxílio ao Tribunal de Contas para uma auditoria nas contas da prefeitura. Depois é claro que vamos convocar as pessoas de nossa confiança para nos ajudar no Governo”, informou Gerson Araújo.

O Procurador Jurídico do Legislativo, Miguel Ângelo Aranega Garcia, acompanhou o protocolo da carta de José Joaquim Ribeiro e reafirmou a necessidade do documento original para oficializar a renúncia e a posse de Gerson Araújo como prefeito. “Com relação a candidatura do vereador Gerson Araújo, entendo que esse fato não prejudicará o processo. O importante é que o presidente da Câmara sabe da sua responsabilidade e está disposto a correr todos os riscos para servir a cidade”, disse o Procurador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *