Esquiva vê incentivo ao boxe nas conquistas

Esquiva Falcão espera que medalha de prata incentive boxe nas categorias de base

Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O boxeador Esquiva Falcão, medalha de prata nas Olimpíadas de Londres, espera que sua conquista ajude a estruturar o boxe nas categorias de base, auxiliando outros atletas a se destacarem para os Jogos Olímpicos em 2016. Esquiva chegou hoje (13) ao Rio, acompanhando a bandeira olímpica, trazida pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes.

Esquiva lamentou ter perdido a final para o japonês Ryota Murata por apenas um ponto, mas prometeu se empenhar ainda mais para subir ao lugar mais alto no pódio daqui a quatro anos. “Vamos treinar ainda mais e focar no ouro [para 2016].”

Para o boxeador, as conquistas da modalidade em Londres (uma medalha de prata e duas de bronze) serão benéficas para consolidar o boxe no país, pois a categoria ainda enfrenta muitas dificuldades em manter e treinar os pugilistas.

“[A conquista das medalhas] vai mudar bastante. Os atletas que não têm apoio, que não conseguiram [ir às Olimpíadas], vão levantar a cabeça. Acredito que agora vai chegar um apoio para eles e os patrocinadores acreditarão mais que nossos atletas têm capacidade de chegar aonde a gente chegou.”

Ao lado do irmão Yamaguchi, medalha de bronze em Londres, Esquiva lembrou dos desafios que enfrentaram no início de carreira. “Nós tivemos muitas dificuldades. Há um mês ninguém nos conhecia e hoje estamos aqui. Por meio do nosso esforço e da nossa determinação conseguimos chegar lá. Os atletas de base vão enxergar isso e a situação vai melhorar bastante até 2016. A nossa história é de superação, determinação e muita garra. O caminho foi longo, mas deu tudo certo”, disse Esquiva.

A bandeira olímpica será exibida amanhã (14), quando Paes e o governador do Rio, Sergio Cabral, vão levá-la à presidenta Dilma Rousseff, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *