Encerrada vistoria Transporte Escolar

A partir de hoje, motoristas que não apresentaram o veículos, à companhia, serão notificados e, caso insistam na irregularidade, poderão sofrer cassação da licença

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) encerrou dia 31, o período de vistoria e recadastramento das vans que operam o transporte escolar em Londrina. Dos 140 veículos que atualmente compõem a frota, 74 foram submetidos ao procedimento. Outros 34 transportadores agendaram a inspeção e fizeram o pagamento das taxas até ontem, ainda dentro do prazo previsto, e poderão submeter os carros à verificação até o próximo dia 9. O agendamento, porém, não os isenta do pagamento de multa caso sejam flagrados em atividade neste intervalo. Os demais autorizados serão notificados e, se insistirem na irregularidade, poderão sofrer a revogação do alvará após 7 dias úteis.

De acordo com o coordenador de Transportes Comerciais da CMTU, José Carlos da Silva, já nesta quarta-feira (1º) foi iniciada a confecção das notificações. “Na próxima semana as intimações começarão a ser enviadas, via correspondência ou visita dos fiscais, e quem não apresentar os micro-ônibus e vans à companhia terá a imposição de penalidades”, frisou.

Silva ressaltou que, além de poderem ser autuados pela ausência do selo de vistoria, os faltosos – caso enfim manifestem interesse na continuidade da autorização – deverão pagar juros e multa sobre as taxas. “Os valores relativos ao procedimento somam R$ 302,88, mas haverá a cobrança de encargos calculados com base no dia 31 de julho, data em que se encerrou formalmente o prazo”, disse.

Aos pais e mães de alunos, o coordenador frisou a importância de que contratem apenas transportadores credenciados. “A orientação é que, na hora de acertar a prestação do serviço, os responsáveis busquem profissionais sérios, devidamente inscritos junto ao poder público. Esta é a única garantia de que o carro está em condições adequadas para fazer o leva e traz de estudantes com segurança”, ressaltou.

Fora o selo de cor azul afixado no para-brisa dos veículos e a carteira de condutor – entregue aos transportadores após a inspeção –, os interessados têm outras formas de saber se o motorista atua legalmente. No site da companhia, no endereço www.cmtu.londrina.pr.gov.br, é possível ter acesso aos nomes, telefones e itinerários dos autorizados. As informações também podem ser obtidas nos números 3379-7928 e 3379-7966.

Vistoria – Realizado duas vezes ao ano, no período das férias escolares, o exame feito pela CMTU é única forma de recadastramento dos veículos e renovação da licença. Além do aspecto de limpeza e conservação dos carros, a inspeção avalia itens essenciais à segurança dos alunos, como cintos, faróis, setas e limpadores de para-brisa, as condições dos pneus e do extintor de incêndio, entre outros dispositivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *