Coréia do Norte continua fabricando mísseis

Coréia do Norte estaria fabricando novos mísseis

Apesar do encontro entre os líderes dos EUA e da Coréia, numa iniciativa que teve aprovação do mundo, o país asiático estaria fabricando novos mísseis, que desmentem o propósito de buscar uma paz duradoura e um cessar de atitudes hostis.

Agências de inteligência dos Estados Unidos acreditam que o país de Kim Jong-um está construindo novos mísseis na mesma fábrica onde produziu um míssil balístico intercontinental capaz de atingir cidades americanas, segundo informou o jornal The Washington Post. Imagens obtidas por satélite indicam que o governo coreano trabalha em um ou dois mísseis ICBM em uma instalação em Sanumdong, nos arredores de Pyongyang, segundo suspeitas da Inteligência norte-americana. Assim, o governo dos EUA revela que a Coréia do Norte segue com seu programa de mísseis balísticos, embora, segundo o jornal, isso não sugere que Pyongyang esteja expandindo seu potencial.  Em Novembro de 2017 o regime norte-coerano lançou um inédito míssil ICBM, batizado como Hwasong-15, que voou cerca de 4,5 mil quilômetros antes de cair no mar do Japão.

O lançamento surpreendeu os EUA que não acreditavam que a Coréia do Norte fosse capaz de produzir um míssil ICBM com a tecnologia necessária para alcançar a costa leste americana. “Vemos que estão trabalhando, como antes”, disse ao The Washington Post, a fonte que vazou a informação. Apesar da atividade detectada, a inteligência americana também constatou que a Coréia do Norte está desmantelando seu centro de lançamentos em Sohae, na costa oeste da península, de acordo com a mesma fonte.

Antenor Ribeiro – Destaknews

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *