Condenação de ex-vereador tem trânsito em julgado

Ex-vereador cassado de Londrina tem condenação com trânsito em julgado

O Tribunal de Justiça do Paraná determinou na quarta-feira (19) a prisão de Orlando Bonilha, ex-vereador por três legislaturas e ex-presidente da Câmara Municipal de Londrina. Orlando Proença Bonilha é acusado de contratar assessores e ficar com parte dos salários.

A condenação foi proferida pelo juiz Délcio Miranda da Rocha, da 2ª Vara Criminal de Londrina. O ex-vereador ainda é réu em processos de corrupção de recebimento de propina da época em que estava na Câmara.

Condenado em regime semi-aberto, Bonilha teve uma pena final de 5 anos, 3 meses e 22 dias. O GAECO o procurou em diversos endereços nesta quarta-feira na cidade de Londrina, mas ele ainda não foi encontrado. Há informação de que Bonilha fixou residência em outro estado. Seu advogado disse que fará contato com o cliente, que poderá cumprir a pena em regime semi-aberto. Neste caso ele pode trabalhar durante o dia e recolher-se ao presídio à noite.

O ex-presidente da Câmara poderá também se apresentar ao Creslon.

Da redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *