Cessar fogo de 12 horas na Faixa de Gaza

O movimento islâmico Hamas, que controla a Faixa de Gaza, aceitou uma trégua humanitária de 12 horas, neste sábado (26), proposta pelos Estados Unidos, pelo Egito e pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A breve trégua, que começará às 7h, no horário local (1h pelo horário de Brasília), também foi aceita pelo governo de Israel, apesar de, horas antes do acordo, o gabinete do primeiro-ministro Benjamín Netanyahu ter rechaçado a possibilidade de um cessar-fogo definitivo.

Desde o início da ofensiva de Israel contra Gaza, há 18 dias, quase 900 pessoas morreram, das quais 800 palestinos, a maioria civis, e de 73 israelenses, 34 deles soldados. A situação é acompanhada de perto por autoridades de várias potências mundiais, porém sem um aceno real de fim da beligerância. O Hamas tenta atingir Israel com seus foguetes, maioria dos quais tem interceptação, e nos túneis que cavou para alcançar o território judeu, conseguiu impor algumas baixas ao inimigo. Israel, em incursões aéreas e também terrestres, tem destruido alvos do Hamas, que usa a estratégia de escudos humanos, o que vitima civis inocentes, muitos dos quais idosos, crianças e mulheres.

Antenor Ribeiro – Destaknews

Com Ag. Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *