Cativas do Estádio do Café terão recadastramento

A Fundação de Esportes de Londrina (FEL) inicia, nesta segunda-feira (4), recadastramento dos titulares de cadeiras cativas e boxes de estacionamento do Estádio do Café. A medida, que prossegue até 2 de setembro, visa regularizar e atualizar o cadastro da fundação. O atendimento será realizado na sede da FEL, localizada no Ginásio de Esportes Moringão, na Rua Gomes Carneiro, 315, sala 19. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 17h30.

Para o recadastramento, é preciso apresentar toda a documentação, em via original e cópia simples, exigida pelo edital publicado pela FEL. Ele está disponível na íntegra na edição desta quarta-feira (30) do Jornal Oficial, que pode ser acessado no Portal da Prefeitura através do link http://bit.ly/jornaloficial .

No caso de titular pessoa física, é preciso comparecer tendo em mãos a via original e uma cópia dos seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência atualizado, como a fatura de água, luz ou telefone em nome do titular.

Já pessoas jurídicas devem apresentar na FEL a cópia simples e a via original do Contrato Social, com a última alteração, e que conste a indicação do representante legal da empresa; do RG e CPF do representante legal; e do comprovante de residência atualizado, por meio de conta de fatura de água, luz ou telefone em nome do representante legal da empresa.

Se o titular não puder comparecer, juntamente com a documentação citada, é exigida uma procuração ou autorização do direito de uso, emitida pelo titular e com firma reconhecida.

A gerente administrativa da FEL, Louise Bolzani, citou que a FEL possui cerca de 5 mil titulares para as 5.500 cadeiras cativas do Estádio do Café, e aproximadamente 800 titulares dos boxes de estacionamento. “É muito importante que todos participem desse recadastramento, mesmo os que estão com as credenciais atualizadas, pois vamos criar um novo arquivo com os dados de todos os titulares. Isso vai permitir algumas mudanças que facilitem inclusive o pagamento da anuidade, como o envio do boleto por e-mail”, explicou.

Louise citou também que algumas informações do cadastro de titulares datam da década de 70. “Muitas empresas não sabem que são proprietárias, dado a época em que houve esse contrato, e até mesmo alguns titulares e herdeiros”, disse. No edital publicado pela FEL, consta a listagem completa de pessoas e empresas convocadas a recadastrar suas informações.

O edital prevê ainda os casos de falecimento do titular, que o herdeiro poderá comprovar através do inventário de bens registrado em cartório. Também será aceita a certidão de óbito do titular, desde que seja entregue acompanhada de procuração ou autorização com firma reconhecida de todos os herdeiros, nomeando e reconhecendo apenas um deles como detentor do direito de regularizar os débitos e retirar as credenciais na FEL.

Segundo o assessor de Esportes e Eventos da FEL, Sandro Henrique dos Santos, a documentação solicitada tem com objetivo facilitar a atualização dos dados. “Antigamente, para passar a cadeira do titular ao herdeiro, era preciso providenciar um inventário, registrado em cartório, transferindo essa titularidade. Agora, fizemos esse procedimento eliminando essa parte burocrática”, contou.

O assessor de Esportes e Eventos da FEL destacou que, após a regularização dos cadastros, a Fundação deverá iniciar medidas para reduzir o índice de inadimplência, que hoje chega a 70%. “A taxa anual que cada titular deve pagar pelas cadeiras cativas é de R$75 reais, e no caso de atraso esse valor recebe juros e correção”, contou.

Outra medida que a FEL deverá implementar refere-se ao programa de sócios do Londrina Esporte Clube. “Pretendemos criar, nas cadeiras cativas, uma área exclusiva para os titulares que participam do sócio-torcedor. Por isso é necessário esse recadastramento para que, posteriormente, a gente possa estabelecer os espaços”, adiantou Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *