Caso Neymar tem depoimento da suposta vítima

Pouco antes das 12 horas desta sexta-feira (7), a senhorita Najila Trindade Mendes de Souza foi à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, para prestar depoimento no caso em que acusa o jogador de futebol Neymar de estupro.

Na entrada, ela não falou com a imprensa e foi imediatamente para o local onde deveria depor para a delegada. O suposto caso de estupro teria ocorrido no dia 15 de maio deste ano, em Paris, na França. Ela teria viajado com passagem e hospedagem pagas pelo craque do PSG. O contato teria sido feito por rede social e em mensagem trocada há claramente o objetivo de um encontro sexual entre ambos. Porém, algo ocorreu entre os dois que mudou o curso do que seria apenas uma “transa” entre um homem e uma mulher.

O jogador de futebol Neymar Jr, deixa à  Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro, após depoimento.
Lesionado no tornozelo direito, Neymar foi cortado da Seleção Brasileira que disputará a Copa América    (Arquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil)

Najila alega que Neymar a teria agredido e se recusado a manter relações sexuais com preservativo. Ele, então, teria procedido ao estupro, mantendo a relação sem o consentimento dela.

Contundido, após ser cortado da Copa América Neymar viajou ao Rio de Janeiro e prestou depoimento ontem (6) no inquérito em que é investigado por divulgar fotos e diálogos em redes sociais com a modelo que o denuncia por estupro.

O advogado Davi Tangerino, que defende o jogador, disse que tem total confiança na inocência de seu cliente, mas explicou que não poderia dar detalhes sobre o depoimento, porque o inquérito corre em sigilo de Justiça.

“Isto será mostrado nos autos”, disse Tangerino.

Ag. Brasil

Antenor Ribeiro – Destak News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *