Brasil empata com o México

A Seleção Brasileira de Futebol fez uma partida atípica contra a Seleção do México. Adversário difícil nos últimos compromissos, o México deixou de ser o freguês costumeiro. Em 32 jogos o Brasil ganhou 22 e perdeu apenas 10. Nas copas passada foram 3 encontros e 3 vitórias do Brasil, com 11 gols marcados e nenhum sofrido. Nesta terça-feira Luiz Felipe Scolari escalou o Brasil como quem temia o ataque mexicano. Entrou jogando com 3 volantes: Luiz Gustavo, Paulinho e Ramires. Com a ausência de Hulk, que joga avançado, o treinador optou por uma escalação mais defensiva e com isso a Seleção não tinha um meio campo que pudesse municiar o ataque, onde Fred e Neymar ficavam isolados. Oscar não conseguia fazer, sozinho, a articulação.

Já o México, sem ser o mesmo da partida anterior, quando ousou mais, ainda assim criou oportunidades e teve em seu goleiro o melhor jogador da partida. Escolhido pela FIFA por sua performance, Ochoa salvou o México em algumas finalizações. Neymar tentou de cabeça e ele salvou em cima da linha, assim como defendeu um chute do ex-santista na pequena área e uma cabeçada de Tiago Silva que o encontrou bem colocado. Verdade que Julio César também fez uma defesa importante no final da partida, quando uma derrota poderia complicar a situação da seleção penta-campeã.

Com o apito final ficou a frustração para a torcida brasileira, pois em todo o país se acreditava numa vitória. Porém, acende-se o sinal de alerta para a Seleção que continua favorita, porém sabe que enfrentará adversários cada vez mais difíceis e que exigirão maior empenho e criatividade do Brasil. Felipão enalteceu a partida feita pelo México, mas disse ter gostado do futebol que o Brasil mostrou. Poucos concordam com ele. Porém, também se aprende nos erros e este empate pode servir como lição para os próximos jogos.

O Brasil só volta a jogar na próxima segunda-feira e os jogadores terão folga até quinta-feira, quando voltam a ser reunir na Granja Comary.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *