Beto Richa quer BRDE mais forte

O governador Beto Richa afirmou nesta segunda-feira (30) que o fortalecimento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) é fundamental para garantir o crescimento econômico e social dos municípios paraenses, principalmente, neste período de crise econômica nacional. Richa afirmou que em 2014 o Governo do Estado capitalizou o banco com o aporte de R$ 200 milhões. Antes disso, o último aporte de capital havia sido feito pelo então governador José Richa.

O governador deu posse aos novos representantes do Paraná na diretoria do banco. O advogado e ex-deputado Wilson Quinteiro comandará a diretoria de operações e o ex-governador Orlando Pessuti ocupará a diretoria administrativa. “O objetivo do nosso governo é ampliar a parceria com o BRDE, que é indutor do desenvolvimento da economia do Estado, para gerar mais renda e empregos aos paranaenses. O Paraná registra grandes resultados na industrialização e no agronegócio e precisa de um banco forte e atuante”, ressaltou o governador.

PREPARADOS – Richa ressaltou o histórico profissional dos novos diretores. “São profissionais preparados que, com certeza, darão grandes contribuições ao BRDE”, afirmou. Ele disse que o fortalecimento do banco é fundamental para ajudar os estados e municípios a superarem a grave crise econômica federal, que é agravada pelo baixo crescimento e alta da inflação. A meta do banco é em 2015 aplicar R$ 1 bilhão em financiamentos, atingindo todos os setores da economia paranaense.

Em 2014, o banco contratou R$ 3 bilhões em crédito para os três Estados do Sul. A média do total de repasses feitos a empreendedores do Sul no período aponta que 43,5% dos recursos foram aplicados no Paraná.

“Com a capitalização, o cenário é ainda melhor. O BRDE auxilia nossos estados em novos investimentos e repasses de recursos ainda maiores, tanto para a iniciativa privada quanto para o setor público’, disse o governador.

MUNICÍPIOS – Beto Richa lembrou ainda que ano passado o BRDE conseguiu uma linha de crédito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) no valor de R$ 145 milhões para atuar nos programas nas áreas de saneamento e infraestrutura de municípios. A primeira operação, de R$ 5 milhões, foi contratada com a prefeitura de Guarapuava. O governador destacou o estilo municipalista da sua gestão e disse que hoje todos os 399 municípios paranaenses têm obras do governo estadual.

O BRDE foi criado em 1961 pelos estados do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, para apoiar o desenvolvimento regional. Os três estados são representados na diretoria da instituição. Diferente dos bancos comerciais, o BRDE não exige reciprocidade, os prazos de carência e amortização são adequados de acordo com as necessidades dos tomadores do financiamento. Além disso, ao optar pelo BRDE, o empreendedor preserva os seus recursos próprios para uso em seu capital de giro e desconcentra seu endividamento.

NOVA DIRETORIA – A diretoria do BRDE atua de forma colegiada e é composta por seis membros, sendo que cada um dos governos dos estados da Região Sul, os controladores do banco, tem dois representantes. A presidência da instituição é rotativa, dura pelo período de um ano e quatro meses e, no momento, está sendo ocupada pelo ex-senador Neuto Fausto de Conto, que representa o estado de Santa Catarina.

O presidente Neuto de Conto explica que o banco atualmente atua em 90% dos municípios do Sul. “Apesar do desequilíbrio econômico nacional, o BRDE tem sido um importante instrumento para fomentar a economia com obras e mais empregos”, afirmou.

As diretorias têm caráter regional e não estadual. Instituição pública de fomento, fundada em 1961, o BRDE possui agências em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre, atendendo as demandas de empreendedores. É repassador número um do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

AMPLIAR INVESTIMENTOS – Wilson Quinteiro, diretor de operações, disse que assume o novo cargo com a responsabilidade de ajudar o Paraná a ampliar os investimentos e aumentar o crescimento socioeconômico. “O BRDE é um importante instrumento de políticas públicas. Com isso, vamos atuar em parceria com os prefeitos e o empresariado para gerar mais empregos e receitas”, disse.

O novo diretor administrativo Orlando Pessuti agradeceu a oportunidade de trabalhar numa instituição, que de acordo com ele, é indutora do desenvolvimento do comércio, indústria e do agronegócio paranaense. “Nosso maior desafio é superar a dificuldade financeira nacional e conseguir dar suporte aos empresários e prefeitos dos três estados”, disse.

PRESENÇA – A solenidade foi acompanhada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, pelo líder no governo na Assembleia Legislativa, Luiz Claudio Romanelli, além de deputados estaduais, secretários de estado e diretores do BRDE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *