Beto e Fernanda Richa presos em Curitiba

Ex-governador Beto Richa e esposa são presos em Curitiba

A prisão dos dois ocorreu na manhã deste dia 11 pelo GAECO, órgão do Ministério Público do Paraná. Richa é suspeito em um inquérito que apura fraudes no programa Patrulha do Campo, destinado à manutenção de estradas rurais no interior paranaense.

O casal foi preso no apartamento em que mora, na capital do Paraná, onde foram realizados simultaneamente dois mandados de busca e apreensão: um pelo Gaeco, outro pela Polícia Federal que realiza também nesta terça-feira a 53ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Operação Piloto. Richa é alvo das duas operações, que não têm ligação entre si, mas o mandado de prisão foi expedido pela Justiça Estadual.

Os acontecimentos da Operação Patrulha do Campo, podem ter sido desencadeados a partir de uma delação premiada do ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagens, DER do Paraná. Ele detalhou um esquema de corrupção no Patrulha do Campo no acordo que negociou, implicando Richa, empreiteiras paranaenses e integrantes do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

Pela Operação Lava Jato foram presos Deonilson Roldo, ex-chefe de gabinete do governo do Paraná na gestão Beto Richa, o empresário Jorge Theodócio Atherino, que seria o operador financeiro de Beto Richa e Tiago Correia Adriano Rocha, identificado pelo MP como braço direito de Jorge.

Antenor Ribeiro – Destaknews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *